Resenha: Cinquenta tons de cinza (Filme)


    Anastasia Steele (Dakota Johnson) é uma estudante de literatura de 21 anos, recatada e virgem. Uma dia ela deve entrevistar para o jornal da faculdade o poderoso magnata Christian Grey (Jamie Dornan). Nasce uma complexa relação entre ambos: com a descoberta amorosa e sexual, Anastasia conhece os prazeres do sadomasoquismo, tornando-se o objeto de submissão do sádico Grey

Informações Adicionais
Lançamento:02/ 2015 - Direção: Sam Taylor-Johnson - Roteiro: Kelly Marcel
 kiss fifty shades of grey 50 tons de cinza fiftyshadesofgrey christian and anastasia GIF      Estou há algum tempo tentando escrever essa resenha de forma imparcial, entretanto não consegui seguir esse padrão e espero colocar minhas impressões sem  influenciar.
    Assim que foi lançado e teve toda a publicidade voltada para o filme, confesso que me senti tentada ir aos cinemas, entretanto não gostei do livro e deduzi que teria a mesma opinião do livro e isso não se remete ao gênero literário, pois gosto muito de New Adult. Sendo assim, assisti ao filme quando a Netflix lançou no seu catálogo. Por sinal, amo a Netflix!
 fifty shades of grey jamie dornan dakota johnson anastasia steele 50 tons de cinza GIF
        A obra da escritora E. L. James encantou milhares de mulheres no mundo todo e isso sem contar que foi baseada no romance de crepúsculo, então caso você veja algumas particularidades nas personalidades dessas duas protagonistas não se espante. Um aspecto é necessário sobressaltar, o Christian (Jamie Dornan) é muito mais sexy do que o Edward (Robert Pattinson).
 fifty shades of grey jamie dornan dakota johnson anastasia steele 50 tons de cinza GIF
      O roteiro do filme não foge em nada as minucias contidas na obra literária, mesmo com toda a polêmica da autora e implicância com a diretora e roteirista, ouso dizer que o filme teve os melhores pontos ressaltados, chegando a ser mais envolvente que o livro em alguns momentos. Então, temos na trama uma menina virgem, inocente e certinha que se encanta pelo homem mau, superprotetor e podre de rico. Claro que nem tudo é perfeito e ele tem “gostos peculiares” no sentido sexual.
        Em relação à obra cinematográfica é fidedigna as aspirações da autora. Assim como no livro o Christian exige que a Ana (Dakota Johnson) assine um contrato, com imposições grotescas e algumas até mesmo moralistas; como o fato dela não poder beber e ter que tomar pílulas anticoncepcionais. Assim, nossa mocinha entra no BDSM (Bondage, Disciplina, Dominação, Submissão, Sadismo e Masoquismo). A maioria das cenas são bem dirigidas e não achei que Jamie se saiu mal atuando, todavia a Dakota ficou bem limitada a mordidinhas nos lábios e olhares turvos.
 fifty shades of grey jamie dornan dakota johnson christian grey 50 shades of grey GIF
        Como na narrativa do livro meu grande transtorno é no fato de o tempo todo se justificar o comportamento de Christian e esse foi uma das razões por não ter me impactado pelo exemplar, da mesma maneira achei tudo padronizado demais no filme, todavia  a direção fez um bom trabalho e conseguiu traduzir através das imagens as palavras do livro. Mesmo com milhões arrecadados, tenho um "Q" em mim de satisfação por não ter gastado meu dinheiro para assistir essa obra na poltrona da sala de cinema.


Um blog se alimenta de comentários, então deixe a sua opinião ela é muito importante!





Comente com o Facebook:

8 comentários:

  1. Olá! Confesso que nunca tive a menor vontade de assitir ou ler essa obra. Fiquei apenas em Crepúsculo mesmo. Principalmente porque eu não curto o gênero erótico. Mas imagino que deve ter sido complicado lançar uma obra como essa no cinema, porque eles tinham muitos fãs jovens que aderiram ao longa exatamente devido a sua conexão com Crepúsculo. E, para se utilizarem de cenas mais quentes precisariam elevar a classificação indicativa..
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Pra falar a verdade, é um livro que nunca me chamou a atenção, o filme menos ainda, apesar de ouvir muita gente falar que amava e que era bom, mesmo sem ver o filme também achei ela bem sem sal, viu kk pelo menos não gastou seu precioso dinheiro, bom pra quem gosta, mas realmente não curto nada erótico

    ResponderExcluir
  3. Olá Verônica.. também não gastei dinheiro com o filme nos cinemas, na verdade não pretendo gastar... ao contrário de você, eu gostei muito dos livros... e do filme nem tanto... na verdade nem posso falar muito, porque eles colocaram o que podiam referentes as cenas, mas a atriz que fez a Ana continua sem sal pra mim... de qualquer forma, pretendo assistir todos os filmes, porque sou dessas rs. Xero!

    ResponderExcluir
  4. Olá tudo bem?
    Eu ainda não assisti ao filme, mas tenho visto muitas reclamações dizendo que não chegou nem aos pés do livro. Ainda não sei se vou querer assistir porque também não terminei o segundo livro, embora tenha gostado bastante dele até a parte em que parei. Enfim, uma pena não ter atingido suas expectativas.

    beijinhos!

    ResponderExcluir
  5. Oi, Verônica, tudo bem?
    Vamos conversar: rs
    Bem, eu sou fã do Mario Casas e teve um filme que eu fiz resenha no blog e foi muito difícil porque eu tinha que ser imparcial, mas foi quase impossível. kkkk
    Então eu entendo a dificuldade que você teve ao resenhar o filme, viu?
    Em relação a essa obra específica, tanto em livros quanto em filme, eu nunca assisti e nem lí porque tenho uma crítica muito pessoal ao universo BDSM bem antes da ascensão do tema por causa do livro.
    Não gosto mesmo, embora tiro o meu chapéu para o público que a autora conquistou.
    Sua resenha ficou maravilhosa de verdade! Você escreve muito bem!
    Adorei! Sucesso sempre!

    Eliziane Dias

    ResponderExcluir
  6. Olá Verônica,
    Eu detestei os livros, li até o segundo e não me convenci. Achei a história fraca, sei lá!
    Acho a premissa cansativa. Não assisti aos filmes e não pretendo porque não gostei do livro. Não sabia que tinha como base Crepúsculo, mas acho que também não vi nada parecido rs.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá! Também não gostei do livro e nem do filme. Comprei o livro por que fiquei curiosa, já que me falaram que era ótimo. Foi uma decepção, assisti o filme no Telecine, outra decepção. Enfim, são vários pontos que se for falar aqui...Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Oi Verônica, tudo bem?

    Eu li a série inteira, mas também não gastei meu dinheiro para ver os filmes no cinema. Pela sua resenha, percebi que temos visões bem diferentes da obra e do contexto geral. Eu tenho meus problemas com os personagens, mas achei os livros bons no geral, principalmente quando se trata dos traumas do Grey. Quanto ao filme, achei uma adaptação bem ruim, pois não focou em alguns pontos que eram cruciais! A Ana do cinema é muito sem sal também... Mas, pretendo ver todos os filmes!

    Beijos!

    ResponderExcluir

Google+ Followers