Resenha: Mulher Maravilha



Sinopse
Treinada desde cedo para ser uma guerreira imbatível, Diana Prince nunca saiu da paradisíaca ilha em que é reconhecida como princesa das Amazonas. Quando o piloto Steve Trevor se acidenta e cai numa praia do local, ela descobre que uma guerra sem precedentes está se espalhando pelo mundo e decide deixar seu lar certa de que pode parar o conflito. Lutando para acabar com todas as lutas, Diana percebe o alcance de seus poderes e sua verdadeira missão na Terra.

Informações Adicionais: 

Lançamento: 06/2017
Direção: Patty Jenkins / Música Composta: Rupert Gregson-Williams/ Produção: Zack Snyder, Deborah Snyder, Charles Roven e Richard Suckle/ Roteiro: Geoff Johns e Allan Heingerg.




        Como retratado na resenha de piratas do Caribe (caso queiraler é só clicar aqui), fui no final de semana no cinema e assisti dois filmes em um único dia, coisa de louco!
     Estava muito ansiosa por esse filme e como divulgado o mesmo valeu cada centavo. É retratada a estória da Diana Prince (Gal Gadot), sendo assim essa vivia na ilha das amazonas que foi construído por Zeus e como tal “treinou” essas mulheres para caso fosse necessário guerreasse com Ares* o Deus da guerra. Quando Steve Trevor (Chris Pine) um soldado da segunda guerra mundial entra na ilha através do acaso e a princesa das amazonas (mulher maravilha) descobre que o mundo vivencia uma guerra, ela resolve ajudar, e para isso precisa sair da ilha que sempre foi sua casa. A partir desse momento começa toda ação do filme.
        Como ressaltado amei o filme e mesmo entre diversas discussões sobre os detalhes dessa obra cinematográfica, tais como; questões feministas e diferenças de valores financeiros para atuações, o que mais me impactou foi a performance da protagonista. Não senti que a interprete e a "mulher maravilha" estavam sintonizadas. Sim, é isso mesmo que você leu. A atuação da personagem principal não me convenceu. Talvez a razão seja por essa ser demasiadamente inocente comparada a sua força. Não sei explicar o motivo, entretanto não achei que a atriz seria merecedora de concorrer ao Oscar.

        Finalmente posso afirmar que é um filme impactante e com certeza cumpriu o que foi proposto. Um super-herói que luta pelo amor e pela justiça, personificado no corpo de uma mulher. Todavia, imagino que outros artistas ficariam tão bem senão melhor do que a Gal. É até pecado aguardar a obra ser lançada no catálogo da Netflix, então vá nos cinemas enquanto ele está em cartaz.
        Então, o que achou desse filme? Já assistiu? Pretende ir aos cinemas? Deixe seu comentário ele é muito importante.

*Não coloquei o nome do ator para não revelar quem é o deus da guerra.





  

Comente com o Facebook:

5 comentários:

  1. Não assiste o filme, mas toda vez que leio algo sobre fico com cada vez mais vontade de ver.
    Nunca fui fã da mulher maravilha, mas como ela é uma das poucas super heroinas a ser representada no cinema ela se tornou mto importante para que garotas possam se identificarb acho a proposta do filme maravilhosa.

    ResponderExcluir
  2. Olá!

    Desculpa eu discordar de você, mas não consigo imaginar qualquer outra mulher que não Gal Gadot. Ela convenceu até demais, eu fui ver no dia seguinte ao lançamento, e sério, não tem como não amar essa mulher. E ela não precisa de Oscar, já está na História. Aliás, se ela vier a concorrer e ganhar, não é a Gal que vai ter um Oscar, é o Oscar que vai ter a Gal.

    ResponderExcluir
  3. Oi Verônica, tudo bem?

    Já fui assistir ao filme e realmente me impressionei com o trabalho feito, pois está simplesmente maravilhoso. Consegui me prender do início ao fim e adorei os efeitos especiais que fizeram, ficou muito bom. A história inteira está bem coerente e consegue prender o telespectador. A atriz realmente me surpreendeu, pois conseguiu realizar seu papel com maestria. Amei o filme!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Só posso dizer que preciso assistir!!! Nossa eu já amo a Mulher Maravilha, e dá pra ver que o filme esta muito bom ! Uma trama envolvente e bom elenco. Quanto a atuação da protagonista, acredito que vai da percepção de cada um , e acredito que seria muito bom se ela concorresse ao Oscar e até ganhasse, ela assim como qualquer outra atriz se dedicou ao filme e merece ter seu trabalho reconhecido. Beijos do Wes ^^

    ResponderExcluir
  5. Ainda não pude ir no cinema assistir (to vendo que só vai me restar o Netflix mesmo), mas todas as resenhas lidas são enfáticas quanto ao filme ser uma beleza, tanto de interpretação, quanto de enredo e ambientação. Apesar de não ter visto o filme por completo, pelo trailler achei que a Gal tivesse ido muito bem. Só vendo pra conferir. ;)

    ResponderExcluir

Google+ Followers