Resenha: O lar das crianças peculiares (Filme)



Resenhas dos livros CLIQUE AQUI
        Não sou uma crítica cinematográfica, mas sou uma leitora assídua e por isso posso discordar da adaptação desse livro para as telinhas. Talvez esteja sendo ousada em fazer tal afirmação, mas contrariando o gosto popular esse filme teve avaliações positivas de quase todos os críticos de cinema (pelo menos dos sites que acompanho), entretanto mesmo que os efeitos, a interpretação ou mesmo o roteiro tenha sido digno de aplausos (como citado por esses) esse em nada se compara com o livro que tanto me conquistou.

        Creio que a primeira insatisfação foi o fato do diretor Tim Burton fazer mudanças desnecessárias, como por exemplo: mudar o poder da protagonista. Todos os personagens sofreram alterações, sejam na aparência (até aí tudo bem), na personalidade, na idade, e consequentemente nas cenas. Tentei assistir o filme até o final duas vezes e no meio das tentativas desisti. A filmagem segue um próprio curso que cheguei a questionar o motivo de filmarem baseando-se na literatura, era preferível escrever um roteiro independente ao invés de dizer que estavam se baseando nas obras de Ransom Riggs.
        Os protagonistas que tanto me cativaram se tornam chatos e monótonos no filme, parece não haver química e isso não está associado a interpretação. Creio que se deva a forma como tudo foi organizado, tentando focar-se em outros detalhes. Além disso, a temática apresentada na narrativa como a segunda guerra mundial é deixada como plano secundário e o filme tem um vilão específico (Samuel L. Jackson) do começo ao fim, com detalhes totalmente divergentes da cópia original (livro).

        Não tenho autonomia alguma para criticar o diretor da obra que é um talento, mas como fã posso dizer que dessa vez ele realmente deixou e muito a desejar. Não consigo imaginar que ao invés de impactar o público de forma positiva ele agiu totalmente contrário e me deixou com sentimento de revolta. Por fim, o filme não me agradou e confesso que agradeci a Deus por não ter assistido no cinema, mas aconselho a assistirem e tirarem suas conclusões.


        

Comente com o Facebook:

7 comentários:

  1. Olá!
    Não li o livro e nem vi o filme, então não posso opinar muito mas baseado nas críticas que vi, muitos fãs também não gostaram. Acho que críticos de cinema nunca leem os livros, por isso adoram.
    Tenho pra mim a opinião de que o Burton é genial, porém, caga nos filmes muitas vezes. PArece que ele tem a necessidade de deixar tudo com a cara dele (repare nos filmes dele, todos você olha e diz: é do Tim Burton) e isso acaba afetando negativamente alguns casos, como esse que é de uma adaptação.

    ResponderExcluir
  2. Oi, li o livro quando a divulgação do filme começou a ser mais massiva, queria conhecer a história antes de ir ao cinema. Acontece que acabei não indo ao cinema, antes mesmo da estreia eu já sabia que o filme seria algo quase independente do livro e certas mudanças já soaram incoerentes para mim. Ainda assim pretendo ver mas definitivamente não tenho mais expectativas quanto ao rumo da obra e vou assistir como se nem fossem a mesma coisa, talvez assim eu goste um pouco mais

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem?

    Verônica, eu ainda não assisti o filme, tão pouco li o livro, apesar dele está na minha lista de desejados. Achei sua opinião super válida, mesmo não sendo uma crítica no assunto, você é uma leitora e, principalmente, fã da obra. Pena que a adaptação para as telonas não tenha te agradado. Em breve farei a leitura da obra e talvez, verei o filme mais para frente.

    Beijos,
    Dai | Virando a Página

    ResponderExcluir
  4. Oiii!

    Eu assisti ao filme há um tempinho e também não me considero crítica, como não li aos livros não quis fazer resenha nem nada disso, mas eu nunca vou me esquecer no dia que meu professor de Teoria da Comunicação resolveu falar sobre adaptações e disse: Nós precisamos parar com essa mania de querer que a adaptação seja de acordo com nossas vontades hahahahaha não entendia antes, mas depois compreendi que na verdade, adaptação é a visão de uma pessoa. O que eu entendi provavelmente não será o mesmo que você e por isso há algumas mudanças no enredo... Só que pelo o que vc falou, houve mudanças que tiraram a essencia da obra... Que triste. Enfim, não tenho curiosidade com livro e achei o filme apenas ok. HAHAHA

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Estou vendo muitas pessoas com comentários como o seu, isso me deixa um pouco triste pois costumo gostar muito dos trabalhos do Burton, mas fazer o que né!
    Ainda não conferi os livros e não assisti o filme, pretendo adquirir os livros esse ano, pois agora a trilogia está completa. \o/ \o/ \o/

    ResponderExcluir
  6. Eu entendo que às vezes a adaptação precisa mudar algo do livro para que se encaixe melhor no filme, mas mudar toda a essência da coisa não dá, né? :/ Que pena saber que essa adaptação não foi nem um pouco boa, assistirei o filme antes de ler a série para não me decepcionar. rs
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  7. Olha, eu AMO Tim Burton e se eu não tivesse lido o liro, eu teria achado o filme incrível.
    Só que eu li e fiquei bem incomodada com as alterações.
    Sei que as vezes é necessário fazer alterações, mas, sei lá... chateou bastante.

    #Ana
    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir

Google+ Followers