Resenha: Filme inferno (Inferno - Dan Brown)


Infelizmente atrasei muitas resenhas, entretanto pretendo correr atrás do tempo perdido e atualizar meu blog e claro, os leitores. 



Florença, Itália. Robert Langdon (Tom Hanks) desperta em um hospital, com um ferimento na cabeça provocado por um tiro de raspão. Bastante grogue, ele é tratado por Sienna Brooks (Felicity Jones), uma médica que o conheceu quando ainda era criança. Langdon não se lembra de absolutamente nada que lhe aconteceu nas últimas 48 horas, nem mesmo o porquê de estar em Florença. Subitamente, ele é atacado por uma mulher misteriosa e, com a ajuda de Sienna, escapa do local. Ela o leva até sua casa, onde trata de seu ferimento. Lá Langdon percebe que em seu paletó está um frasco lacrado, que apenas pode ser aberto com sua impressão digital. Nele, há um estranho artefato que dá início a uma busca incessante através do universo de Dante Alighieri, autor de "A Divina Comédia", de forma a que possa entender não apenas o que lhe aconteceu, mas também o porquê de ser perseguido.
Minhas impressões:


         
        Senti-me bem relutante em resenhar sobre esse filme, não porque o mesmo seja ruim, mas pelo seu significado, ele representou na minha vida pessoal o final de uma trajetória e trouxe consigo mágoas e decepções. Todavia vamos focar nessa estreia das telinhas.
        Não tive a oportunidade de ler as obras de Dan Brow, e se tivesse lido minha opinião poderia ser contrária. Esse livro é a sequência de código da Vinci e anjos e demônios.
        Tom Hanks como sempre está imbatível no papel de Robert, entretanto a direção seguiu os mesmos padrões dos filmes anteriores. O suspense e mistério se fazem em forma de charadas e o protagonista, que no momento está com amnesia, precisa buscar respostas para as suas dúvidas e incertezas, já que não recorda de nada nas últimas horas.
        Nessa obra Robert precisa lutar contra o tempo e impedir que um louco totalmente viciado em Dante mate a humanidade com uma bomba que está em algum local e contém um vírus que se propaga com muita rapidez, ou seja, esse filme é baseado na ficção com aparentemente nenhum indício de realidade.
        Não me estenderei muito, então mesmo o filme sendo um suspense e tentando misturar ação o começo é um pouco parado, mas conforme as cenas vão passando é identificável características históricas para desvendar os mistérios e aventuras. No entanto, não posso responder pelos outros telespectadores, mas percebi de cara quem estava manipulando quem, então mesmo sendo um filme bom e indicando esperava mais da produção. Para quem gosta de “A divina comédia de Dante” ou quer um conhecimento histórico mais aprofundado vai se impactado por esse cine.



Comente com o Facebook:

4 comentários:

  1. Oi!

    Recentemente fui ao cinema com uma amiga e ficamos na dúvida de assistir esse filme ou um outro qualquer, optamos pelo outro qualquer. Até porque não tínhamos assistido ao anterior, então, provavelmente, não íamos entender nada. Ainda fico na dúvida se o assisto ou não...

    Sucesso com o blog sempre!
    Beijos, Belle.
    floraliteraria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Vi diversas críticas sobre o filme, e nenhuma foi muito boa. Fiquei desanimada para assistir. Não li nenhuma obra do Dan e nem assisti os filmes, então desempolga saber que provavelmente não irei gostar, rsrs. Mas quero me aventurar nas leituras, que devem ser mais empolgantes.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  3. Oie, tudo bem?
    Assim como você, eu também nunca li os livros do Dan Brow, então os filmes sempre são novidade para mim.
    Eu gostei bastante de 'Inferno', e pude sentir que o Robert está mais maduro nessa história...
    Diferente de você, eu não consegui ~pegar~ quem estava manipulando quem, e o final foi uma grande surpresa para mim. Meu namorado leu o livro e disse que o final estava um pouco diferente. Mas mesmo assim, as demais partes estavam fiéis a obra.

    Eu gostei da produção, achei que o filme ficou bem dinâmico e que, pra variar, o Tom estava espetacular.

    Beijos
    www.procurei-em-sonhos.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Verônica, sua linda, tudo bem?
    Eu sou fã do autor e já li o livro e amei, por isso estava super empolgada com essa estreia. Mas vi vários comentários sobre o filme negativos. As pessoas estão dizendo que não foram fiéis ao livro e que não era o que esperavam. Uma pena, mas como sou fã do Tom, vou acabar vendo assim mesmo, risos... Gostei muito da sua crítica.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Google+ Followers